Postagem em destaque

Casa da Mãe Pobre entrega cestas básicas com travessuras

“Deixai vir a mim os pequeninos” Foto divulgação CMP Por (Eni) O que seria uma formal entrega de cestas básicas sempre é uma ver...

Menu

Frase e citação de hoje:

domingo, 19 de março de 2017

Casa da Mãe Pobre entrega cestas básicas com travessuras

“Deixai vir a mim os pequeninos”


Foto divulgação CMP

Por (Eni)

O que seria uma formal entrega de cestas básicas sempre é uma verdadeira festa com brincadeiras.

“As crianças pintaram o sete” como disse o Diretor Financeiro Júlio Moreira.

A instituição atende a muitas mamães e crianças da comunidade e a realização deste evento são somados a diversas atividades desenvolvidas em nossas instituições. Os vários assistidos pela Casa da Mãe Pobre  estavam ansiosas aguardando a entrega das cestas básicas roupas e utensílios que são realizadas mensalmente.

A família na visão espírita tem papel fundamental na formação e estabelecimento de nossos valores, e na construção dos valores de toda a sociedade. Portanto a família, jamais será obsoleta, mas sim um dos pilares que possibilitam a construção do futuro. A Casa da Mãe Pobre é uma grande família.

“As nossas diversas atividade ajudam no combate a exclusão aos benefícios da vida em sociedade, provocada pelas diferenças de classe social, e oferece oportunidades iguais de acesso a bens e serviços a todos, graças aos nossos benfeitores, colaboradores e Diretores a quem sempre  enfatizamos sinceros agradecimentos pela colaboração e apoio", conclui o Diretor Júlio Moreira.

“A caridade é um exercício espiritual... Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma”. (Chico Xavier)









Blogger Widgets

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Casa da Mãe Pobre revive bailinho antigo de carnaval


"Ó abre alas que eu quero passar" (Chiquinha Gonzaga)
Divulgação: acervo CMP


Por (Eni)

A Instituição Maria de Nazareth abre com chave de ouro as festas de Carnaval de 2017.

O Abre Alas do Carnaval 2017 aconteceu na sede da Instituição Maria de Nazareth, promovido pela Pontual Farmacêutica e a Burbury Multicomunicação no ultimo dia 15 de fevereiro (quarta-feira). Neste "bailinho" de Carnaval da velha guarda, participaram idosos residentes, familiares, funcionários e colaboradores.

O intuito é resgatar a atmosfera dos bailes antigos de Carnaval, em que as marchinhas como "Saca Rolha" de Zé da Zilda, Zilda do Zé e Waldir Machado - "Turma do Funil" de Mirabeau, M. de Oliveira e Urgel de Castro - "Me dá um dinheiro aí" de Ivan, Homero e Glauco Ferreira - e "Abre Alas" de Chiquinha Gonzaga entre outras que eram cantadas e encantava a todos. As marchinhas de carnaval eram obrigatoriedade em todos os salões e no repertório das bandas, na época eram chamados carinhosamente de músicos e as pessoas desfilavam com suas fantasias exibindo uma "produção hollywoodiana" ou simplesmente uma máscara. 


Os salões eram ambiente familiar e harmonioso, não havia tempo para descanso durante o Carnaval.

Divulgação: acervo CMP


Saudosos tempos que não voltam mais.


Voltando aos dias atuais, entende-se o porque da existência de inúmeras pessoas saudosas.

Só quem vivenciou o glamour dos bailes de salão onde tudo era brincadeira sem violência e com muito respeito e todos queriam ser estrela, sabe que é impossível voltar ao passado. 

Mesmo assim no nosso bailinho, ao adentramos no salão fizemos de conta que os bons tempos estão de volta. Afinal, saudade não tem idade e aqui todos são protagonistas.

"Desde já agradecemos a iniciativa desses novos parceiros da Instituição Maria de Nazareth - Casa da Mãe Pobre"as empresas Pontual Farmacêutica e a Burbury Multicomunicação,  enfatiza Júlio Moreira Diretor Financeiro.


Banco de imagens:







sábado, 21 de janeiro de 2017

“Casa da Mãe Pobre” tem o seu conto de Natal

Foto divulgação acervo CMP


Publicado em: 29 dez, 2016 às 17:35
Por (Eni)

O menino Yuri teve a sua infância assistida e amparada co
O menino Yuri teve a sua infância assistida e amparada com os benefícios  da Casa da Mãe Pobre. Ao completar doze anos o nosso protagonista foi desligado do nosso serviço de assistência social como é a regra da nossa Instituição.
Demonstrando que é um menino de muita inteligência e participativo, pediu para ser um voluntário e foi prontamente aceito. Tem demonstrado que os jovens podem mudar os seus próprios destinos e construir também um mundo melhor.
Neste Natal,  ao receber uma bola do Papai Noel da Casa da Mãe Pobre, lembrou ao bom velhinho que quando tinha nove anos escreveu uma cartinha pedindo uma bicicleta e não recebeu nada.
O nosso o nosso voluntário colaborador e Papai Noel,  Marcos Roberto  sensibilizado com a sinceridade  do menino ficou pouco confortável  e teve uma noite mal dormida. Narrando este fato a um grupo de amigos do “Coqueirão” que praticam esporte Beach  Tenis predominante nas praias do Rio de Janeiro, na hora resolveu comprar um bicicleta para o pequeno Yuri  fizesse acreditar no seu sonho de Natal.  Nesta data Yuri acaba de receber um presente que tanto esperava: Uma bicicleta.
Foto divulgação acervo CMP
Ninguém deve tirar de uma criança a capacidade de fantasiar. O Papai Noel, além de proporcionar uma infância mais feliz e cheia de imaginação, também realizou o sonho do pequeno Yuri jamais esquecido.
Acredite, Papai Noel  vai sempre se esforçar para atender aos nossos desejos.
Seja rico ou seja pobre, o velhinho sempre vem, parodiando o refrão da música.
“ Que este presente sirva para alegrar a ele e a toda a sua família. Papai Noel existe, basta acreditar” diz Júlio Moreira Diretor Financeiro.
A  mãe do Yuri e os seus quatro irmãos continuam recebendo a nossa ajuda mensal.
Rogamos ao Bom Deus muita saúde, paz e prosperidade ao senhores, e seus familiares.
Bendita seja a caridade!



quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Casa da Mãe Pobre ganha presente inesperado do Banco de Alimentos, Pelé Perdigão


Foto divulgação acervo CMP

Por (Eni)

Estamos praticamente no Natal e com ele um pouco de amor e compaixão para com o próximo  são realizadas por pessoas de bom coração  para aqueles que têm fome ou que não têm uma ceia digna para essa data.
O Banco de Alimentos, Pelé Perdigão, doou a creche Marieta Navarro Gayo nesta sexta-feira (24/12/16),  uma quantidade  suficiente de chesters para as criancinhas  de nossa entidade.
A entrega deste excelente e suculento presente de Natal  foram repassados as mamães dos pequeninos.
“Nós recebemos isso com muita alegria e só temos que agradecer a ajuda divina e aos nossos doares pela ajuda tão preciosa”, diz Júlio Moreira Diretor Financeiro da Instituição.

Bendita seja a caridade.






Instituição Maria de Nazareth faz festa de confraternização

Foto divulgação acervo CMP


Por (Eni)

Terça-feira (20/12/2016) aconteceu nas dependências da Instituição Maria de Nazareh, a festa de confraternização da equipe dessa entidade filantrópica que tem como objetivo dar assistências aos idosos desamparados.
O encontro foi muito simples, apenas para não deixar passar em branco a data tão importante que é o Natal.
A entidade que tem com objetivo a filantropia realizou uma maravilhosa festa, contando também com o contagiante Papai Noel que distribuiu presentes e com sua simpatia e alegria que agradou a todos.
Para os diretores é uma ótima oportunidade para ampliar a rede de relacionamentos.
È valorização e alegria. Relaxar e recarregar as baterias para o ano de 2017 que se aproxima é a ordem do dia.
É uma oportunidade de trocar um abraço. “Afinal, “família é família”.

NATAL! (Chico Xavier)

Senhor Jesus!
Ante o Natal, agradecemos 
A enorme evolução que nos permites. 
Iluminaste a inteligência humana 
Para vitórias quase sem limites. 
Nunca subimos tanto!… Num minuto, 
Nações se comunicam, pólo a pólo… 
O homem revolve a Terra, em toda parte, 
Desde as grimpas do Espaço às entranhas do Solo. 
Entretanto, Senhor, 
Enquanto o carro do progresso avança, 
Atropelando as multidões do mundo, 
Surge a dor na carência de esperança. 
Pela força dos Céus, tão alto nos elevas, 
E lutamos ainda em conflitos extremos… 
Concede-nos, no amor com que nos guardas, 
A proteção da paz que ainda não temos. . 
Natal! Ouve, Jesus, as trompas de ouro 
Que te exaltam na Terra os dons divinos! 
Com o amparo de Deus, tão grandes nos fizeste! 
Ensina-nos, Senhor, como ser pequeninos!







Postagens populares

Arquivo do blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...